Osklen lança, em colaboração com o BrBio, acessórios produzidos com coral-sol

Osklen lança, em colaboração com o BrBio, acessórios produzidos com coral-sol

 

Em parceria com o Projeto Coral-Sol, do BrBio - Instituto Brasileiro de Biodiversidade, e o Instituto-e, a Osklen lança coleção de colares e gargantilhas produzidos com coral-sol, uma espécie invasora que ameaça a biodiversidade marinha brasileira. As peças são exclusivas, vêm com o selo verde e estão disponíveis em três lojas da Osklen, no Rio de Janeiro: Rio Design Barra, Ipanema e Shopping Leblon. Os consumidores paulistas preocupados com o consumo sustentável encontram os acessórios nas lojas dos shoppings Iguatemi, JK Iguatemi, Pátio Higienópolis, Rua Oscar Freire e no bairro Vila Madalena. A loja, no Shopping Iguatemi, em Porto Alegre, também recebeu as criações produzidas com a matéria-prima ecológica. A parceria tem como objetivo financiar a retirada dessa espécie exótica invasora, originária da região do Indo-Pacífico, do litoral brasileiro e contribuir para a conservação da biodiversidade marinha. Os preços das peças variam entre R$ 297 e R$ 597.

Segundo a diretora executiva do BrBio, Simone Oigman-Pszczol, “o Projeto Coral-Sol já contribuiu para o desenvolvimento sustentável através da geração de trabalho e renda extra em comunidades de Ilha Grande, na Costa Verde do Rio. Atualmente, estamos iniciando novas parcerias, como esta com a Osklen, para darmos maior visibilidade ao projeto. E, então, podermos reativar o trabalho de geração de emprego e renda junto aos grupos locais das regiões afetadas. Contamos também com a rede coral-sol de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Essa rede possui pesquisadores de vários centros de excelência que buscam soluções inovadoras adicionais, como matéria-prima para novos fármacos e melhora na produtividade da agricultura, agregando ainda maior valor à retirada do bioinvasor”.

“É importante lembrar que a comercialização de corais sem licença é crime ambiental. Por isso fazemos questão de reforçar que estes corais foram removidos do ambiente marinho com autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em nome do BrBio, sob uma permissão de pesca científica”, explica Elianne Omena, coordenadora do Projeto Coral-Sol.

Sobre o Projeto Coral-Sol:

O Projeto Coral-Sol foi criado, em 2006, para enfrentar o crescente problema do coral-sol na costa brasileira. A iniciativa tem como missão conservar a biodiversidade marinha brasileira através do controle do coral-sol, minimizando os impactos ambientais e socioeconômicos, promovendo a recuperação dos ecossistemas marinhos e a sustentabilidade ecológica, econômica e social das regiões afetadas. O Projeto Coral-Sol é pioneiro no combate da bioinvasão marinha no Brasil e mantém parcerias com universidades, instituições governamentais públicas federais, estaduais, municipais, iniciativas privadas e a sociedade civil.