DRIFTWOOD ACQUISITIONS & DEVELOPMENT - EMPRESA LÍDER EM ADMINISTRAÇÃO HOTELEIRA NOS ESTADOS UNIDOS

DRIFTWOOD ACQUISITIONS & DEVELOPMENT - EMPRESA LÍDER EM ADMINISTRAÇÃO HOTELEIRA NOS ESTADOS UNIDOS 

A Driftwood Acquisitions & Development, com sede em Miami, uma das dez maiores operadoras e desenvolvedoras de hotéis nos Estados Unidos, conta com mais de US$ 1 bilhão em ativos e US$ 350 milhões em vendas por ano, além da administração de 50 hotéis, com nove mil quartos, 4500 funcionários e centenas de investidores credenciados. No portfólio da Driftwood estão marcas líderes como Hilton, Marriott e Sheraton. 

O crescimento da Driftwood é amplo em diversos países, principalmente no Brasil, onde a empresa cresceu 600% no ano de 2017. De acordo com Andre Salles, diretor de investimentos da empresa, esse crescimento no Brasil não é sem razão. O executivo lembra que o momento econômico delicado pelo qual ainda passa o país faz com que aumente a procura por investimentos através do programa EB-5, evidenciando que muitos brasileiros querem deixar o país em busca de mais segurança e novas oportunidades nos Estados Unidos. Além do Brasil, a Driftwood destaca o crescente número de investidores de países como Venezuela, Colômbia, Argentina, México e Índia.

"O Brasil é um mercado estratégico para a captação de investidores. De uma maneira geral, os brasileiros tem um perfil sofisticado e buscam, cada vez mais, oportunidades de investimento em dólar, com alta rentabilidade e segurança. Adicionalmente, o Brasil, infelizmente, passa por um momento em que muitas pessoas estão decidindo se mudar para o exterior com suas famílias, e o investimento através do programa EB-5 é o caminho mais fácil para isto, uma vez que concede o Green Card e gera rentabilidade sobre o capital investido, que retorna integralmente para o investidor após cinco anos", explica Salles.

A Driftwood oferece oportunidades de investimentos diretos em aquisições em hotéis já em operação, com cotas mínimas de US$100 mil e rentabilidade de 15% ao ano. Em novas construções, o investimento é de US$ 500 mil através do programa EB-5. Anualmente, a empresa faz a aquisição de cerca de 10 hotéis e constrói em torno de três novos hotéis.

“Temos desenvolvido e aperfeiçoado continuamente o modelo de gestão hoteleira, o que nos permite operar hotéis de forma enxuta e eficiente, sem desperdício de recursos e direcionando os investimentos para geração de valor. A Driftwood, considerada uma das operadoras de hotéis mais eficientes dos Estados Unidos, com diversos prêmios recebidos pela excelência em gestão, nasceu como o braço de investimentos em hotéis da extinta Lehman Brothers, e por este motivo temos em nosso DNA a busca incessante pela entrega de resultados aos nossos investidores”, explica Salles.

Alguns fatores são decisivos em relação aos investimentos via programa EB-5 como, por exemplo, os recursos próprios suficientes. Quando é dado o sinal verde para a construção de um novo hotel, o financiamento bancário já está aprovado e o capital próprio comprometido. Somente depois disso é que é introduzido o EB-5 na equação. “Na Driftwood não precisamos esperar o fim da venda das cotas para iniciarmos as obras, o capital próprio é suficiente. Isso garante que não haja atrasos na geração dos empregos e, por consequência, nas aprovações dos Green Cards. Outro fator fundamental é a garantia de finalização dos projetos. O seguro de conclusão de obra é um benefício indireto para os investidores por garantir que o projeto será finalizado, assegurando a geração dos empregos e a conclusão do ativo que pode, posteriormente, ser vendido e retornar liquidez para os investidores”, reforça Salles.