BrBio realiza visitas educativas no AquaRio

BrBio realiza visitas educativas no AquaRio

 

Na semana de 16 a 22 de outubro, os educadores ambientais do Projeto Coral-Sol, do BrBio - Instituto Brasileiro de Biodiversidade, conduzem tours educativos para estudantes, professores e visitantes do aquário marinho do Rio de janeiro, durante o evento “Semana da Bioinvasão – O Coral-Sol invade o AquaRio”. Serão oferecidas visitas guiadas, com exposição, palestras e contação de histórias sobre a temática da bioinvasão do coral-sol e da conservação marinha. O coral-sol é um invasor originário do Indo-Pacífico, que ameaça a biodiversidade do litoral brasileiro e de outros países das Américas. Alunos e professores das escolas públicas municipais do Rio têm acesso gratuito ao AquaRio, que está localizado na Praça Mauá e é o maior aquário marinho da América do Sul.

 

“Com a visão de que só se preserva aquilo que se conhece, os aquários atuam como importante ferramenta na educação ambiental, pesquisa científica e em estratégias de conservação da biodiversidade. Ao reproduzir ecossistemas marinhos em um ambiente lúdico, os visitantes têm a chance de se encantar, conhecer, desmistificar, respeitar e querer preservar o mar. O objetivo da “Semana da Bioinvasão – O Coral-Sol invade o AquaRio” é sensibilizar e trazer o conhecimento acerca do tema da bioinvasão marinha e conservação da biodiversidade para os visitantes e estudantes que acompanham o tour escolar oferecido pelo AquaRio diariamente”, conta Elianne Omena, coordenadora da nova fase do Projeto Coral-Sol.

 

O AquaRio recebe cerca de 15 turmas de diferentes escolas por dia. Cada turma tem em média 30 alunos do Ensino Fundamental 1 e 2. O tour escolar é coordenado por educadores do AquaRio e, durante essa semana especial, contará com educadores do Projeto Coral-Sol. Além disso, no fim de semana, haverá contação de histórias do grupo teatral MiMO, especialmente produzida para a semana da bioinvasão. O espetáculo acontece no anfiteatro do AquaRio em dois horários: às 14h30 e 16h30.

 

“Desde março de 2017, o BrBio mantém um local de visitação, na ala de exposições e projetos do AquaRio, que busca envolver e divulgar à sociedade a importância dos corais e as ameaças sofridas por eles”, conta Simone Oigman-Pszczol, diretora-executiva do BrBio. O espaço apresenta as ações do Projeto Ecorais e do Projeto Coral-Sol, ambos desenvolvidos pelo BrBio, em que o visitante pode assistir a projeção do filme “Beleza Fatal”, uma produção da Globosat e TvZero, com roteiro de Jair de Souza, sobre a bioinvasão do coral-sol.  Existe, ainda, um aquário com diversas colônias vivas de coral-sol e informação sobre as duas espécies invasoras no Brasil.

 

O Projeto Coral-Sol tem apoio de recursos recorrentes do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta firmado pela Chevron Brasil com o Ministério Público Federal com implementação do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO.

 

Sobre o Projeto Coral-Sol:

O Projeto Coral-Sol nasceu em 2006 para enfrentar o crescente problema do coral-sol na costa brasileira. Sua missão é conservar a biodiversidade marinha brasileira através do controle do coral-sol, minimizando os seus impactos ambientais e socioeconômicos, promovendo a recuperação dos ecossistemas marinhos e a sustentabilidade ecológica, econômica e social das regiões afetadas. O Projeto Coral-Sol (PCS) é pioneiro no combate da bioinvasão marinha no Brasil. Em parceria com as universidades, instituições governamentais públicas federais, estaduais, municipais, iniciativas privadas e a sociedade civil, em especial a comunidade da Ilha Grande, na Costa Verde, RJ, região mais afetada pelo problema.